quinta-feira, 7 de agosto de 2008

De bom, só os 3 pontos

Parabéns às pessoas que, como eu, não só acordaram às 6 horas da manhã para assistir a estréia da seleção brasileira masculina nas Olimpíadas como também conseguiram resistir às tentações do sono. Num jogo bem morno e com poucas alternativas, o Brasil conseguiu vencer a Bélgica pelo magro placar de 1 a 0, com gol de Hernanes aos 31 minutos do segundo tempo; para não fugir do padrão Dunga, venceu sem convencer.

A Bélgica, embora tenha conseguido armar alguns ataques perigosos, não chegou a ser um grande perigo ao Brasil; marcou mais do que atacou. Nesta situação, esperava-se que os comandados de Dunga criassem vários lances de perigo. Porém, não foi o que aconteceu. Tanto que o Brasil finalizou poucas vezes ao gol.

E não se pode culpar Alexandre Pato por isso. O jogador do Milan esteve na maioria das vezes isolado no ataque e não conseguiu mostrar todo seu potencial. Ronaldinho Gaúcho, principal jogador da seleção e quem mais deveria se aproximar de Pato, decepcionou: estático, pouco se movimentou durante todo o jogo, limitando-se a tentar dar alguns passes importantes; muito pouco para quem tem a habilidade que todos já conhecem. Para piorar, Anderson esteve omisso durante a maior parte do tempo. Isso deixou Diego praticamente sozinho na criação de jogadas: porém, sem ter com que dividir a responsabilidade e só contando com a ajuda de Hernanes (Lucas pouco apareceu à frente, preocupando-se mais em proteger a defesa), pouco conseguiu fazer. Os laterais não jogaram mal, mas sempre encontraram uma forte marcação no meio campo; mesmo assim, não faltou vontade à Rafinha e Marcelo, embora não tenham obtido muito sucesso em suas idas ao ataque.

Já Dunga foi o de sempre: além de demorar a mexer (fazendo isso somente após metade do 2º tempo), sua equipe não mostrou melhoras significativas do 1º para o 2º tempo e (o que não surpreende ninguém) não teve jogadas ensaiadas ou entrosamento algum. E assim, sinceramente, fica difícil esperar uma melhora significativa nos próximos jogos. Talvez as coisas dêem certo mais pelo talento dos jogadores, como no gol solitário de Hernanes. É esperar para ver.

10 comentários:

Daniel Leite disse...

Também acordei para acompanhar o jogo. E me arrependi. Não gostei do que vi, especialmente no primeiro tempo. Os laterais realmente não estiveram mal, mas Ronaldinho, Diego e Pato, ilhados, nada fizeram para atribuir força ofensiva à Seleção.

Mas algo bom pôde ser notado. Mesmo com Lucas e Anderson mal hoje, jogar com três cabeças-de-área que sabem atuar à frente, sem burocracia, facilita as coisas. Mesmo quando os atacantes não tornam a partida fácil.

Até mais!

Vinicius Grissi disse...

Parabéns mesmo. Foi duro não dormir!

Por estas e outras sou a favor de Olimpíadas e Copas do Mundo sempre na Europa ou África. Os horários ficam bons para todos. Acordar de madrugada tira o ânimo de acompanhar tudo que eu queria.

Net Esportes disse...

Fui dormir muito tarde e acordei apenas às 8h07 !!!!!!!!! mas meu intuito durante os Jogos é ir dormir tarde e acordar cedo, para tentar acompanhar o máximo das competições, porém o futebol de um modo geral não é minha prioridade de assistir !!!

GiglioF1 disse...

Leandrus,

Ronaldinho só jogou uma vez para a selecao...contra a Inglaterra em 2002...
Pato terá que vim capinar desde o meio se queremos uma medalha!!!

Abraco!!

Blog F1 Grand Prix disse...

Esse jogo me lembrou o 1 a 0 contra a Croácia em 2006. Não quero ser pessimista, mas todo mundo sabe como o Brasil terminou aquele Copa...

Grande abraço!

Gustavo Coelho

Carlão Azul disse...

Eu então é que vou bater palmas pra vcs, porque nem me passou pela cabeça assistir o jogo.

Realmente passei batido, mas fiquei satisfeito com o resultado.

Abração Leandrus

Saudações Celestes
SITE/BLOG.....CRUZEIRO: O MAIOR DE MINAS – ESTAMOS CHEGANDO
Sou Cruzeirense - Site - Tudo sobre o clube que manda em Minas
Sou Cruzeirense - BLog - Tudo sobre o clube que manda em Minas
ENTREM E SINTAM-SE A VONTADE

Leandrus disse...

Breves comentários:

Daniel, estou torcendo para que Lucas, Hernanes e Anderson joguem bem nessas Olimpíadas. Só assim Dunga poderá questionar seu próprio esquema na seleção principal, com 3 volantes que não sabem sair tão bem para o jogo.

Vinicius, você é outro guerreiro, assim como o Daniel, rs. Realmente, esse horário atrapalha demais; não sei como vou fazer para acompanhar algumas competições que pretendo assistir de madrugada de segunda à sexta...

Netesportes, voltei para cama logo após o jogo do Brasil, já que poderia dormir mais um pouquinho até chegar a hora de ir à faculdade, rs. Creio que você terá muito trabalho nessas Olimpíadas, já que acompanha várias modalidades. Desejo sorte a você e espero que não seja daqueles que estão sempre sonolentos, como eu.

Gigliof1, talvez essa (o jogo contra os ingleses) tenha sido a grande atuação de Ronaldinho Gaúcho pela seleção brasileira. Porém, ele já jogou bem em jogos das Eliminatórias (principalmente quando o jogo foi em solo brasileiro) e até na Copa das Confederações de 2005. Mesmo assim, ainda está em débito com a amarelinha, e sua atuação ontem não foi nada animadora...

Gustavo, só não faço uma relação direta com aquele jogo contra a Croácia porque dessa vez não estivemos muito perto de tomar um empate, já que a Bélgica se preocupou mais em defender do que em atacar. As 2 estréias foram decepcionantes, mas a da Copa de 2006 foi bem maior, já que 80% dos brasileiros já diziam que a Copa já era nossa, enquanto agora o pensamento foi mais "em cima do muro" e sabáimos que encontraríamos certa dificuldade (mas não tanta apatia de R10 e Anderson!). De qualquer maneira, a seleção de Dunga precisa melhorar como aquela precisava para os jogos seguintes.

Carlão, agradeça e muito por ter dormido mais um pouco, hehehe

Ateh!

Marcos Antônio Filho disse...

Eu dei uma bela dormida.já que essa seleção não me empolga mais,ainda mais pra me fazer acordar as 6 da manhã!No papel essa seleção é boa,mas será que consegue demostrar isso na prática?até agora,não me convenceu muito...

Loucos por F-1 disse...

É nítido a falta de organização tática da seleção do Dunga. A desorganização do time é muito grande e dessa forma será difícil conseguir levar o ouro.

Somente os destques individuais podem fazer a diferença nesse time. Está difícil, mas não impossível.

Abraços!

Leandro Montianele

Leandrus disse...

Marcos e Leandro, realmente, o time precisa mostrar que não é um bando de jogadores em campo (como muitos vem falando ultimamente) e jogar convencendo. Senão poderemos ter sérios problemas futuramente contra adversários mais fortes.

Ateh!