quinta-feira, 15 de janeiro de 2009

Mamma mia!

Se a janela européia tinha tudo para ser bem morna em função da crise econômica mundial que também afeta o futebol, de certa forma foi surpreendente a notícia de que o Manchester City ofereceu incríveis 100 milhões de libras pelo brasileiro Kaká, do Milan. O clube estaria disposto, segundo a BBC, a pagar 500 mil libras por semana pelo meia. No meio de algumas informações a princípio desencontradas, o assessor do jogador disse que o Milan já o liberou para conversar com o clube inglês.

Para o Milan, a venda do jogador seria ruim pelo fato de Kaká ser o maestro do time; prova disso foi a forma como conduziu brilhantemente a equipe italiana ao título da Liga dos Campeões na temporada 06/07. Porém, com a quantia recebida pelo craque, seria possível fazer 3 ou 4 excelentes contratações que, além de possivelmente rejuvenescer a equipe, manteriam a qualidade da equipe, credenciando-a como uma das principais candidatas ao scudetto, e por que não, ao título da UCL. Pela chance de adquirir bons reforços, a venda do brasileiro não seria considerada uma verdadeira catástrofe.

Joe Hart deve ser um dos que rezam para que os dirigentes do Manchester City não se esqueçam de reforçar a defesa da equipe: o jovem goleiro já foi buscar a bola no fundo das redes 30 vezes nessa temporada pela Premier League

Já para o Manchester City, a contratação de um dos principais jogadores brasileiros na atualidade poderia ser encarada como a prova de que o clube entra na briga para se tornar um dos principais clubes ingleses, tendo como carro chefe aquele que foi escolhido como o 4º melhor jogador de 2008. Porém, será que o clube precisa tanto de um meia no momento? Quem acompanha os jogos do primo pobre do Manchester United sabe que o time possui uma defesa bem criticada nos últimos meses e que precisa de alguns bons reforços neste setor para se recuperar nessa temporada, já que ocupa um preocupante 15º lugar na liga nacional. A grande quantia de dinheiro que seria usada para contratar Kaká poderia ser usada para adquirir vários bons reforços que no momento tornariam o time melhor como um conjunto; afinal, não é a contratação do camisa 22 do Milan que irá resolver todos os problemas da equipe comandada por Mark Hughes...

E para Kaká...bem, a garantia de títulos está no Milan. No Manchester City, o jogador certamente seria o craque, o cérebro da equipe, mas a princípio jogaria ao lado de jogadores que não estão a altura de seu talento, o que talvez lhe desse somente um título da Copa da Inglaterra ou da Copa da Liga. Com a chegada de outros grandes reforços, aí sim ele estaria num clube para brigar por títulos.

De qualquer maneira, é uma loucura ver tanto dinheiro injetado na contratação de apenas um jogador. O talento de Kaká é indiscutível e o próprio já provou isso, mas as quantias em jogo são absurdas, principalmente o salário que o jogador receberia caso se transferisse para o clube; certamente o trabalho de um jogador de futebol não vale isso tudo (e aí volta a tona aquele papo clichê mas correto de que tem gente que trabalha muito mais e ganha bem menos do que eles). Será que ele precisa se mudar paro o Manchester City para garantir seu futuro? O que ganha no Milan (que já é demais) não é suficiente? Enfim, por mais que goste de futebol, chega a ser inaceitável ver tanto dinheiro sendo gasto no esporte com tantas coisas mais importantes por aí a serem melhoradas...

Foto: www.bbc.co.uk

11 comentários:

speed.king.thrasher disse...

é um caso de prioridades, parece realmente que quem está na presidencia desse time tem muito de grana mas falta entender muito de futebol.

Com todos esses gols sofridos diria que o que mais precisariam era de uma boa defesa... ataque já tem o robinho que no meu olhar leigo parece segurar as pontas.

Loucos por F-1 disse...

Xará, é algo assustador essa quantidade de grana que estão oferecendo pelo Kaká. Pra mim ele é um exemplo de profissional da bola e creio que ele não saia do Milan para o Manchester City. Nesse caso pesa muito a condição de trabalho e o fator títulos.

Acredito que esse dono do Manchester City se encanta mais com as estrelas do futebol mundial do que com o time propriamente dito. O Robinho só está lá porque ele quer ser o centro das atenções o tempo, o estrela do time.

Abraços!

Leandro Montianele

Daniel Leite disse...

Eu sou totalmente contra despejar tanta grana em um nome só - ainda mais quando a equipe é relativamente frágil.

Foi ótima a observação sobre a debilidade da defesa do City. Richards é ótimo jogador, podendo ser tranqüilamente mantido no time titular. Porém, Richard Dunne, Garrido e até mesmo Zabaleta não são nomes de confiança. Enquanto ninguém vem, utilizar Kompany mais atrás pode ser um paliativo.

De toda maneira, dinheiro não falta ao Abu Dhabi Group. Que faça, pois, um bom uso dele.

Até mais!

speed.king.thrasher disse...

nossa cara eu comprei um DVD do Lynyrd Skynyrd hehehe.... ñ foi caro ñ, paguei 45 conto cara.

Procura ai, é o Sweet Home Alabama, tem um show eles fizeram em 1996 e outro(3 musicas) q eles fizeram em 1974... da uma procurada q vale a pena!

Net Esportes disse...

o árabe lá ta maluco da cabeça, não sabe o que fazer com tanto dinheiro... no primeiro dia o Kaká ainda falou que queria ficar no Milan até o final da carreira e tla, mas depois no dia seguinte veio com lista de exigências.... ou seja, o pessoal de Milão prefere a grana ao invés do excelente jogador, o Milan vai afundar mais ainda sem o Kaká, e ele vai ficar sumidão lá no City....

Marcos Antônio Filho disse...

Tb acho muita grana pra usar um jogador só. E Kaká é ídolo no Milan e ele não é nenhum mercenário. Esse dinheiro todo dava pra dar entrada pra comprar a ex honda!rs

Renan de Moura disse...

Olá, beleza??
Gostei do blog!! Vamos fazer uma parceria de links???

Veja meu blog, o Futebol Carioca Oficial

www.futebolcariocaoficial.blogspot.com

Lucas Palmeirense disse...

sobre o dinheiro eu n to nem ai. n eh meu mesmo. so queria saber o q ele fez pra chegar a ter 16 bilhoes na conta pra ver se eu posso fazer tb. to perdendo tempo na faculdade

Vinicius Grissi disse...

A diversão do dono do Manchester é gastar dinheiro e não montar times de futebol. Ele quer estrelas, não resultados. De fato, poderia contratar 4 ótimos jogadores para o time com o dinheiro, que seriam muito mais interessantes dentro de campo. De toda forma, acho que esta transação não vingará.

Marcelonso disse...

Salve Leandrus,

É muito dinheiro mesmo,mas não acredito que Kaka seguirá esse caminho,ele não quer apenas grana,pelo menos acho que não.


grande abraço

Leandrus disse...

Breves comentários:

Pessoal, também achava que Kaká não aceitaria a proposta. Mas parece que agora aceitará: além dela ser muito boa, creio que ele já se sinta pressionado a deixar o clube, já que sabe que muito dinheiro entrará no Milan e pelo lado financeiro isso seria muito bom. De qualquer maneira, eu, assim como vcs (acho), pela expectativa inicial, ficarei surpreso se Kaká deixar o clube.

Speedking, pelos jogos que vi de Robinho, ele continua aquele jogador irregular. Do que tipo que erra muito ou some em uma partida mas acaba marcando um gol e é extremamente comemorado por isso. Ou então faz 3 gols numa partida e tem desempenho pífio em outra. Pra quem custou 40 milhões de euros, é pouco...

Daniel, para mim Zabaleta foi uma decepção total, desde o primeiro jogo contra o Chelsea foi muito mal. O resto da defesa vai pelo mesmo caminho (pelo que ouvi em algumas transmissões, até mesmo o Richards). Contratações para a posição seriam o ideal no momento, na minha opinião.

Netesportes, o Milan não tá tão sumido assim. Só acho que Ancelotti poderia fazer algo melhor com o elenco que tem em mãos.

Marcos Antônio, bem que ele poderia comprar a Honda mesmo, rs

Ateh!