segunda-feira, 17 de novembro de 2008

Contornos finais

Ibson marcou três gols, fez sua melhor partida com a camisa do Fla e ajudou a praticamente acabar com o sonho do Palmeiras de ser campeão

O Campeonato Brasileiro começa a ganhar contornos finais, pelo menos na parte superior da tabela. A 35ª rodada serviu para praticamente eliminar dois candidatos ao título, Palmeiras e Cruzeiro, que foram goleados pelo placar de 5 a 2, e reforçar a condição de favorito do São Paulo, que venceu novamente e continua líder. Grêmio e Flamengo também venceram suas partidas e ainda respiram na briga pela primeira posição, embora o clube carioca esteja numa situação mais delicada.

O Cruzeiro foi a campo ainda no sábado e mal teve disposição de secar seus adversários no dia seguinte, já que perdeu para o Náutico pelo placar já citado. O time deu praticamente adeus ao título da mesma forma que foi perdendo força no campeonato: não mantendo o bom desempenho que mostra no Mineirão e sendo derrotado fora de seus domínios; pior, para um time que luta para sair da zona de rebaixamento (o time já havia perdido pontos fora de casa para Atlético-PR, Portuguesa e Ipatinga). Estando a 7 pontos do São Paulo e com apenas 9 pontos em jogo, sem contar que o tricolor paulista não perde há 15 jogos, resta ao clube mineiro sonhar apenas com a Libertadores.

Este pensamento também se aplica ao Palmeiras, que também está a 7 pontos do líder do Brasileirão. Num confronto decisivo e no mais importante da rodada, o alviverde paulista foi goleado pelo Flamengo e também quase não possui chances de ser campeão. O time de Luxemburgo até conseguiu complicar a vida do time carioca no primeiro tempo, confundindo e atormentando a defesa rubro-negra, mas não concluiu bem; para piorar, a defesa do time paulista ainda deu uma prévia do que seria o segundo tempo, dando espaços (Roque Jr?) e deixando o rubro-negro carioca marcar duas vezes. No segundo tempo, só deu Flamengo: com Ibson e Kléberson inspiradíssimos, atuando como nunca com a camisa do Fla, deixaram de sobrecarregar o jogo pelas laterais e aniquilaram o Verdão, com direito a três gols do camisa 7 do Fla.

O Palmeiras, além de ter de resolver o mais rápido possível o racha Luxemburgo – torcida, precisa se recuperar logo para não perder a vaga na Libertadores. O que antes parecia impossível agora vai se tornando realidade, pois o time está em 5º e não vem tendo boas atuações. Já o Flamengo pode comemorar sua melhor atuação no ano mas não sua posição na tabela, que ainda é perigosa: ainda está a distantes 5 pontos do São Paulo e enfrentará o Cruzeiro fora de casa. Uma derrota no Mineirão e uma vitória do Palmeiras em cima do Ipatinga joga o time de Caio Jr novamente para o lugar dos bobos, fora da zona de classificação para a maior competição das Américas.

Um comentário rápido: já quase nos acréscimos, com o jogo definido e falta a favor do Palmeiras, a torcida do Flamengo, que lotou novamente o Maracanã, gritou o nome de Marcos e “pediu” que o goleiro fosse tentar a sorte lá na frente, em alusão ao que fez no jogo contra o Grêmio. Pelo visto, Marcão ainda vai sofrer mais um pouco com isso...

Já o São Paulo manteve sua liderança ao vencer o Figueirense num Morumbi lotado pelo placar de 3 a 1. Por incrível que pareça, o time catarinense quase complicou a vida do time paulista quando o jogo estava 2 a 1, mas a equipe de Muricy, sempre eficiente, logo matou o jogo. E é assim que o time está a caminho do título: sem dar espetáculo, mas sempre eficiente. Não é a toa que está a 15 jogos sem perder.

O Grêmio foi o último time a entrar em campo nessa rodada. Mesmo pressionando pelos resultados positivos de São Paulo e Flamengo, o time gaúcho conseguiu uma boa vitória em cima do Coritiba, conseguindo dessa maneira se manter na cola do São Paulo, a apenas 2 pontos do time paulista.

A próxima rodada será decisiva para São Paulo e Grêmio. Os dois times terão os confrontos mais difíceis das três rodadas que lhes restam. O tricolor paulista enfrentará o desesperado Vasco num São Januário lotado (lembram-se de Vasco x Atlético-PR em 2004?), enquanto o tricolor gaúcho enfrentará um Vitória em queda mas que não pode ser desprezado também fora de casa. Quem perder vai se complicar no campeonato. E se este for o Grêmio, podem já ir levando a taça para o Morumbi.

Foto: esporte.ig.com.br

7 comentários:

Carlão Azul disse...

É como disse, o campeonato vai tendo seus "Contornos Finais", pra mim SPFC é campeão e a briga agora é entre Cruzeiro, Palmeiras e Flamengo pela última vaga pra Libertadores.

Abraços e...

Saudações Celestes

SITE/BLOG
Sou Cruzeirense - Site
Sou Cruzeirense – Blog
CRUZEIRO: O MAIOR DE MINAS
ENTREM E SINTAM-SE A VONTADE

Marcel Jabbour disse...

Dentre tantos assuntos me atenho a um:

- Quando Roque Jr. foi um bom zagueiro? Quem me disser que ele jogava bem no Palmeiras e na seleção, me desculpe. Vocês foram enganados.

Grande abraço, Leandro!

diletra.blogspot.com

Paulo Maeda™ disse...

olha, eu vi o jogo do Palmeiras e msm eu sendo corinthiano, deu dó do Palmeiras.... rsss Q Goleada (com "G" maiúsculo msm, o Flamengo jogou demais). E engraçado que é treinado pelo msm Caio Jr. que saiu escorraçado do Palestra... realmente o mundo dá voltas...

Vinicius Grissi disse...

As brigas vão ficando restritas. Mas ainda há muita emoção para pintar nas três rodadas restantes. O Campeonato ainda está em aberto.

Net Esportes disse...

Agora é vencer ou vencer, só pode pensar em ganhar os jogos para ser campeão !!!! vai São Paulo !!!!!!!

Daniel Leite disse...

O Palmeiras, realmente, virou piada pela atitude de alguns elementos.

A torcida do Flamengo pediu Luxemburgo no time. Depois do jogo, teriam os adeptos continuado com o anseio? Acho que não.

Marcos é o atacante adversário dos sonhos. Sai desesperadamente, deixa a defesa à mercê de contra-ataques e obriga Martinez, que poderia resolver, a ficar preso à própria área.

Sobre as brigas, para mim está muito claro. Título: SP com 60%, Grêmio com 40%. Acho que o São Paulo conquista sete pontos até o fim. O Grêmio fica na dependência do jogo contra o Vitória. Será muito complicado, mas um triunfo pode representar o título.

Quanto à Libertadores, um paradoxo. O Flamengo é quem tem jogado melhor - ainda que não muito bem (à exceção do segundo tempo contra o Palmeiras). No entanto, tem as partidas mais complicadas: Cruzeiro, Goiás (de Paulo Baier, O terível) e Atlético/, ameaçado, na Arena. A seqüência mais fácil é a do Palmeiras, com Ipatinga, Vitória e Botafogo. Mas o futebol... Ai, ai... Se o time de Luxemburgo continuar apático, fica fora. Caso contrário, Cruzeiro e Flamengo decidem a vaga no próximo domingo. O empate é rubro-negro.

Até mais!

Leandrus disse...

Breves comentários:

Carlão, eu acho que o Grêmio ainda pode ser campeão, mas vai ser difícil, e quanto às 2 vagas pra Libertadores, não me arrisco a dizer quem vai ficar com o lugar dos bobos.

Marcel, até não achava um zagueiro ruim na época da Copa de 2002, mas depois a queda de produção foi absurda. Absurda mesmo.

Paulo, e engraçado que a torcida do Fla levou uma faixa pedindo Luxemburgo no time ano que vem! E agora? rs

Vinicius, a briga pelo rebaixamento e pelas duas vagas na Libertadores ainda vai dar muito o que falar, com certeza. E se o São Paulo perder para o Vasco então...

Netesportes, e meu time precisa muito mais de vitória do que o seu! hehehe

Daniel, Luxemburgo é sonho de consumo da torcida do Flamengo. Por exemplo, basta um Lenny ou um Léo Lima da vida fazer um gol depois de 20 sem jogos sem fazer algo decente que a torcida do Fla já diz: "olha só, isso que é técnico, recuperou o jogo, enquanto isso Caio Jr só faz besteira, se enrola todo para escalar o time e blá blá blá...".

Engraçado é que eu acho que a tarefa do São Paulo é mais difícil do que a do Grêmio. O Vasco vai ter que jogar como nunca para sair da zona de rebaixamento, enquanto o Vitória está caindo de produção cada vez mais. Acho que o time gaúcho pode embolar tudo de novo.

E de fato o Flamengo tem a tabela mais complicada daqui para a frente. Por isso a posição na tabela ainda é bem perigosa. A do Palmeiras é bem tranquila, e acho que mesmo com todos os problemas o time não vai bobear...

Ateh!