segunda-feira, 12 de maio de 2008

Valeu pelo momento

Num jogo digno de Dia das Mães, onde muitos pareciam estar com a barriga cheia por causa do almoço da mamãe, o Flamengo venceu o Santos no Maracanã por 3 a 1 num jogo vip para os policiais, já que o jogo aconteceu com os portões fechados.

O cenário era perfeito para o Fla começar a juntar os cacos do vexame histórico de quarta-feira: o Santos jogou com o time praticamente reserva e a torcida não estava no estádio para protestar. O time do estreante Caio Jr. partiu para cima e Souza mandou a bola no travessão logo no primeiro minuto. Enquanto o Santos mal conseguia sair para o ataque, o Flamengo cansava de errar jogadas, talvez pela ansiedade em marcar rapidamente o primeiro gol.

Aos poucos o time da Gávea foi diminuindo o ímpeto e o jogo foi ficando bem morno. Mas como o time de Leão não atacava, o Fla tratou de marcar o primeiro gol aos 29 minutos, quando Juan tocou para Marcinho mandar para as redes. E no melhor estilo “Alemanha treinada por Klinsmann”, o time ampliou no minuto seguinte: em rápido contra ataque, Kléberson passou para Marcinho, que rapidamente tocou de letra para Ibson acertar um lindo chute no ângulo esquerdo de Douglas. E o time quase marcou o terceiro gol minutos depois em chute de Ibson que passou por cima do gol santista.

O segundo tempo foi mais animado do que a primeira etapa, já que o Santos decidiu partir para cima. Porém, se o time titular já é limitado, obviamente o time reserva é ainda mais fraco; a prova disso foi os ineficientes ataques criados pelos comandados de Leão, que ainda deixavam vários espaços que eram mal aproveitados por Leo Moura, Juan, Marcinho e Ibson.

Aos 23 minutos, Diego Tardelli, que havia entrado no lugar de Souza, mandou a bola na trave, em chute muito parecido com o gol que marcou na final da Taça Guanabara. O lance acordou o time do Santos, que teve uma das melhores chances da partida aos 26 minutos, quando Moraes chutou em cima de Bruno. Como castigo, Ibson quase matou o jogo no contra ataque que se seguiu à defesa do goleiro rubro-negro, quando perdeu grande oportunidade frente a frente com Douglas.

Mas aos 29 minutos o Fla finalmente acabou com o jogo: Leo Moura iniciou rápido ataque, pegando a defesa santista totalmente aberta, e tocou para um desmarcado Juan marcar o terceiro gol do Flamengo. O Santos ainda conseguiu diminuir no último minuto: Bruno derrubou Moraes na área de maneira infantil; o próprio atacante pegou a bola e converteu a cobrança de pênalti.

Foi um bom resultado para o Flamengo, que se não apaga o desastre de quarta-feira, traz tranqüilidade para Caio Jr trabalhar em cima do time e achar a formação ideal. Embora o time tenha jogos difíceis já no começo do campeonato (os próximos jogos serão contra Grêmio, Internacional e Fluminense), o time pode tirar proveito do fato de muitos pouparem boa parte dos jogadores nessas primeiras rodadas, já que alguns valiosos pontos podem ser conquistados em cima disso.

5 comentários:

Vinicius Grissi disse...

Um jogo estranho. O Flamengo até foi bem. O time de Caio Júnior ainda tem a cara de Joel. Notei apenas uma mudança: Kléberson jogou mais solto, teve mais liberdade. E com isso pode crescer bastante.

Daniel Leite disse...

Boa vitória do Flamengo. Entretanto, no campeonato, só dará para dizer algo de concreto após dez rodadas, pois, como disse, boa parte dos times poupa os jogadores no início, pelas outras competições. E também será preciso esperar a abertura e o fechamento do mercado europeu.

Até mais!

Carlão Azul disse...

E o Mengão conseguiu juntar sim os cacos e se formou novamente e como o Cruzeiro lutará pelas 1ªs colocações no Brasileiro, assim espero.

Saudações Celestes
SITE/BLOG.....CRUZEIRO: O MAIOR DE MINAS
Notícias , fatos e fotos do Cruzeiro
O RANKING VIP DO FUTEBOL BRASILEIRO
ENTREM E SINTAM-SE A VONTADE

Leandrus disse...

Breves comentários:

Vinicius, realmente foi uma boa partida de Kléberson, talvez a melhor dele pelo Fla. O time agradece.

Daniel, acho que esse campeonato brasileiro não vai ser muito prejudicado pela abertura do mercado europeu. Além de não termos tantos jogadores em condição de sair, acho que a Eurocopa vai fazer com que as transações sejam maiores entre os jogadores europeus mesmo.

Carlão, acho que ainda é cedo pra falar que já juntou os cacos; o Fla ainda está em processo de recuperação. Cruzeiro e Fla, que não precisam poupar seus times, são os grandes favoritos do começo do campeonato, junto com o Palmeiras.

Ateh!

Felipe Hammes Rodrigues disse...

O Santos brigará pelas primeiras colocações. Se o Flamengo tiver o mesmo objetivo, a vitória terá sido ainda mais interessante para o Rubro-Negro. Mesmo que seja muito cedo, este Campeonato é marcado pela importância de cada ponto. Contra um adversário que pode vir a ser um concorrente, melhor ainda. São os pontos que os torcedores buscam saber onde perderam, ao final da competição. Mas é cedo.