segunda-feira, 20 de abril de 2009

Flamengo campeão da Taça Rio

O Flamengo é o campeão da Taça Rio. Porém, ao contrário do que ocorre na conquista da Taça Guanabra, a comemoração é mais contida, já que o segundo turno não possui o mesmo charme do primeiro e uma semana depois o time já estará em campo disputando o título do Estadual

No clássico disputado ontem no Maracanã, com direito a bela festa das torcidas antes do jogo, o Flamengo, superior em campo, derrotou o Botafogo pelo placar de 1 a 0, após gol contra de Emerson, e conquistou a Taça Rio e a chance de disputar a final do Carioca contra o mesmo Botafogo. Não foi uma grande partida, o Fla ganhou o segundo turno mas não convenceu, tampouco tem o time já acertado, mas pelo menos está na final. Deixaram chegar, então...

Desde o primeiro tempo o Flamengo teve maior posse de bola e esteve mais presente no campo de ataque. Porém, a equipe rubro-negra pecava pelo preciosismo na armação de jogadas (havia muita demora para finalizá-las) e pelos constantes erros de passe (Kléberson e Léo Moura foram campeões nisso). Por isso, por mais que o time da Gávea passasse mais tempo no campo do rival, esbarrava na forte marcação alvinegra e dava espaços para contra-ataques: se Léo Moura levava vantagem sobre Thiaguinho, deixava um corredor livre para Maicosuel, que puxava os ataques do seu time e fazia com que Willians tivesse que se virar para parar o camisa 10 da equipe rival.

O Botafogo quase aproveitou uma certa insegurança da defesa rubro-negra no primeiro tempo e poderia ter marcado nessa etapa, não fosse uma finalização horrorosa de Victor Simões e um chute na trave de Maicosuel. Já o Flamengo martelava mas não conseguia entrar na defesa adversária. Vale lembrar que, com Léo Moura pouco inspirado, Kléberson errando passes e Ibson e Zé Roberto bem marcados, o Flamengo necessitava de outros jogadores que ajudassem na saída de bola. A missão caiu em cima de Willians e Airton, que cumprem bem suas funções defensivas mas não sabem sair jogando, principalmente o segundo, desarmador nato. Por isso, diversos toques laterais ou bolas voltando para os zagueiros ou para o goleiro Bruno foram vistos, deixando a torcida impaciente.

Porém, no segundo tempo o Flamengo acertou a marcação em cima de Maicossuel, com Willians anulando-o como já havia feito com Thiago Neves semana passada. Dessa maneira, acabou com a principal válvula de escape botafoguense e fez o adversário recuar ainda mais. Assim, a equipe de Cuca foi chegando até marcar o gol aos 17 minutos, num erro bizarro de Emerson, que fez o que seu xará e Josiel não conseguiram durante a partida.

Depois disso o Botafogo tentou atacar, mas, com Maicossuel bem dominado e Reinaldo apagado, não conseguiu fazer muita coisa. Nessas horas é possível ver que a equipe de Ney Franco é muito dependente de seu trio de ataque: fica até difícil chamar o ex-técnico do Ipatinga e do Flamengo de retranqueiro, pois ele não tem um elenco muito bom e numeroso em mãos, e sim muitos volantes e outros jogadores de ataque de qualidade bem duvidosa. Assim, cabe a ele apostar num time valente e determinado mas com muitos cabeças-de-área; quando o Botafogo se vê em situações como as de ontem, em que precisam muito de um gol, o que acontece é o que se viu no resto do segundo tempo: o alvinegro carioca consagrando a defesa rival. O Botafogo precisa urgentemente de apoiadores e atacantes reservas.

Mesmo tendo chutado pouco a gol, o Flamengo mereceu a vitória, principalmente por ter procurado mais o gol. E poderia ter marcado mais, não fosse os erros de Josiel e de seus companheiros nos minutos finais, quando o Botafogo estava com um a menos, após expulsão de Thiaguinho, e totalmente exposto. Por último, os parabéns a atuação do juiz mais conhecido como Índio: teve atuação tranquila, não exagerou nos cartões nem parou o jogo a todo instante como costuma fazer.

Foto: www.lancenet.com.br

8 comentários:

Wilson Hebert disse...

Nesse jogo os times se estudaram demais e foram bem cautelosos.

O Bota exagerou em ficar na defesa e o mengo mostrou mais uma vez que seu ataque não é isso tudo.

A final deve ser de igual pra igual...

Abraço!

Thiago disse...

Como nas últimas edições do Carioca, o Botafogo tem um bom time, mas não um bom elenco.

Vinicius Grissi disse...

Impressionante como o Botafogo se apequena diante do Flamengo na hora de decidir. Este tropeço pode significar muito mais do que uma derrota para o Botafogo. E o Flamengo, que em determinado momento pareceu morto, está mais firme do que nunca. Esse é o futebol.

André Augusto disse...

Botafogo, de novo? Não acredito que os caras vão perder outra final. Imagina a reação do Cuca no Banco.

Mesmo com times equiparados, o emocional do Flamengo é melhor pra final.

GiglioF1 disse...

Leandro!!!!!

Lavaram a alma!!!!...grande mengo!!!...mas que sufoco!!!

Abraco!!

Marcos Antônio Filho disse...

Foi uma bo avitória,mas acho qu eo time ainda é inferior ao botafogo. Na defesa o Flamengo foi impecável, mas no ataque o time é quase nulo! Vamos torcer por um milagre!

Daniel Leite disse...

Sou de uma corrente que dizia que a chance do Botafogo seria acabar com o campeonato já na Taça Rio. Obviamente, seria economicamente mais interessante para muita gente a vitória do Flamengo - inclusive para os clubes. Mesmo assim, não acredito que algo "obscuro" tenha acontecido e reitero: o Botafogo, provavelmente, perdeu sua ficha.

Como sempre, não acompanhei o jogo(assisti a poucas partidas do Campeonato do RJ), mas, pelo que li aqui, fica clara a limitação no elenco do Botafogo. A impressão é que um time de batalhadores trabalha muito, e todo o resto fica por conta de Maicosuel, Simões e Reinaldo.

Por "merecimento", considerando todo o campeonato, creio que seria "justo" o título do Botafogo, levando em conta a regularidade nos resultados (à exceção daqueles 4 a 1 para o Vasco) e o simples fato de ter disputado duas finais. No entanto, a mística do Flamengo na decisão deve reaparecer (um palpite puro, olhando para os times e para a história...).

Até mais!

Leandrus disse...

Breves comentários:

Wilson, o Botafogo exagerou ao ficar na defesa, mas cheio de volantes daquele jeito não podia ser diferente né! Eu bato na tecla, enquanto o Botafogo não contratar jogadores de frente de mais qualidade, o time não vai fugir disso...

Vinicius, não acredito que seja questão de se diminuir diante do Flamengo. Mas acho sim que agora o Botafogo deixou o Flamengo chegar; com a ajuda da torcida e com um elenco com mais opções, o Flamengo é favorito, principalmente se conseguir anular Maicosuel como Willians fez no segundo tempo.

André, quem diria hein? O time do Cuca com melhor emocional no momento...

Marcos Antonio, também acho que o ataque do Flamengo está devendo. O setor como um todo perdeu muitas chances nos últimos jogos. E para piorar, Zé Roberto, deslocado para essa faixa do campo, não está correspondendo. Agora o Flamengo aposta em Obina para a final; cá pra nós, só por mística mesmo, pq a fase do atacante...

Daniel, pior que eu tenho que concordar com vc: no geral, o Botafogo merece mais o título que o Flamengo. Enquanto o primeiro, por mais limitado que seja, tenha feito ótima TG e mostrado um time valente em campo, além de ter tido o destaque da competição (Maicosuel), o segundo não achou a formação ideal, possui problemas no ataque, entre outras coisas. Mas agora deixaram o Flamengo chegar: e com um elenco que oferece muito mais opções (e de qualidade) do que o do rival, provavelmente tem mais chances de sair vencedor do final do Estadual. A não ser que deixem o excelente trio de ataque do Botafogo jogar a vontade...

Ateh!