quarta-feira, 22 de abril de 2009

Filme repetido

Vem se tornando cada vez mais comum nos últimos anos não se dar muita atenção aos campeonatos estaduais, pelo fato de tais competições, segundo seus detratores, serem de baixo nível técnico, não indicando a real força dos times grandes. Por causa disso, muitos olham desconfiados, se não com certo ar de desprezo, para os campeões de cada torneio local. Porém, se um time no qual muita expectativa foi depositada vai mal, ninguém quer saber se o campeonato é fraco ou não: surgem críticas para todos os lados, que vez ou outra resultam crises que levam a momentos de muita reflexão, e porque não, demissões e novas contratações.

O Fluminense sabe muito bem o que é isso. Talvez mais do que ninguém no Brasil todo. Depois de mais uma vez começar a temporada com um pacotão de reforços, ajudado pelo forte incentivo financeiro da Unimed, fracassou no Carioca, não chegando nem mesmo à final de um dos turnos da competição. A situação piora quando se lembra que o clube não faz boa campanha no torneio há um bom tempo: a última vez que chegou às finais da Taça Guanabara, por exemplo, foi em um longínquo 2004; e o tricolor carioca não é campeão estadual desde 2005, quando derrotou o Volta Redonda na final; e assim como nesse ano, não chegou às finais de nenhum dos dois turnos em 2006 e 2007. Ou seja: ir mal no Estadual já virou uma rotina, um filme que se repete a cada ano nas Laranjeiras.

Grande parte do fracasso do time resulta do fato de que mais uma vez reforços que chegaram ao clube não vingaram. Porém, dessa vez não foram apenas alguns, e sim quase todos! Leandro Amaral não marcou um mísero gol (talvez o atacante só funcione em time de português...); o lateral-esquerdo Leandro esteve irreconhecível em todas as partidas que disputou, indo mal tanto na defesa quanto no ataque e sem fazer um cruzamento decente; Diguinho estava sendo constantemente substituído até descobrir que estava com tuberculose; Jaílton já entrou em campo perseguido e também não foi bem; e Mariano, Leandro Bonfim, Roger e Leandro Domingues tiveram desempenho abaixo do esperado. Some-se a isso as atuações nada mais que medianas de Thiago Neves e se pode concluir que apenas Fred está atuando em bom nível, embora tenha decepcionado no importante jogo contra o Flamengo na semifinal da Taça Rio.

O Fluminense também está sentindo a falta do zagueiro Thiago Silva, que se transferiu para o Milan. Sem contar com sua segurança habitual, o time já vê sua defesa mais fraca, até porque Luis Alberto caiu de rendimento ao não ter mais o jogador da Seleção ao seu lado

Na tentativa de melhorar alguma coisa, a diretoria do clube demitiu René Simões, que não achava a melhor formação da equipe e pelo visto nunca inspirou muita confiança aos dirigentes, servindo mais como salvador da pátria no ano passado, e contratou Parreira. A princípio a troca deu certo; se a equipe não se acertou, pelo menos passou a jogar com o mínimo de decência. Porém, o time voltou a cair de rendimento nos últimos jogos. Por causa disso, fica a dúvida: será que o campeão do tetra vai arrumar mesmo essa equipe? Por mais conceituado que seja, é um técnico que não parece ter se renovado, formando equipes bastante previsíveis. O time que mandou a campo contra o Flamengo dias atrás mostrou isso.

Nos últimos anos, o clube salvou sua participação no primeiro semestre ao fazer boas aparições em torneios maiores: chegou à semifinal da Copa do Brasil em 2006, foi campeão da mesma competição no ano seguinte, e fez uma campanha irrepreensível na Libertadores no ano passado, chegando a final do torneio. Hoje, o Fluminense faz um jogo de vida ou morte contra o Águia no Maracanã, podendo ser eliminado prematuramente da competição. Creio que o tricolor carioca conseguirá um resultado positivo, mas se não conseguir, pode ter certeza que a ira e pressão da torcida aumentará a um ponto não visto há muito tempo nas Laranjeiras. E aí não sei se vai ter Unimed que aguente uma reformulação no elenco, já que com certeza cabeças irão rolar em caso de eliminação.

9 comentários:

Net Esportes disse...

Eu acho que esse negócio de não dar valor a Estadual papo furado, no fundo a revalidade prevalece .... o São Paulo está na mesma situação do Fluminense, foi campeão em 2005, perdeu por 1 pontos em 2006 e ficou na semifinal os outros três anos seguintes.... fica engasgado porque é muito legal ser campeão e mostrar que você foi o melhor do seu estado ...

Blog F1 Trulli disse...

Bom aqui na Bahia pelo menos a imprerssão q da, é q o estadual tem mais valor (visto o baixo nível dos nossos times) mesmo todos os ano a final sendo entre os memos times (Bahia x Vitória) uahauhauahu

muito bom o texto

Abração
http://f1trulli.blogspot.com/

Marcel Jabbour disse...

Acho que o Flu precisa de mais tempo, embora, de fato, as contratações tenham rendido abaixo do esperado mesmo pra um início de temporada.

E não tem jeito. A não ser que você esteja remontando inteiramente seu time (caso do Vasco este ano e Corinthians ano passado) ou disputando a Libertadores, o Estadual é sim muito importante. Pelo menos pra torcida, que vai cobrar, certeza.

Abração, Leandro!


diletra.blogspot.com

Marcos Antônio Filho disse...

O Fluminense não consegue montar uma base eficiente, ela sempre só dura por seis meses.Das contratações que fez, só o Marquinho e o Fred tem jogado bem. Vamos ver se ele se acerta hoje contra o águia.

Paulo Maeda™ disse...

eh vdd o q falaram ae em cima. Aki no eixo Rio-SP acaba não se dando tanta atenção aos estaduais, mas qdo há os clássicos, o bicho pega fogo. Eu nem cheguei a ver qdo o Simões foi demitido, estranhei isso e ver o Parreira assumindo, mas tb, duvido q ele consiga mexer com os brios dos atletas. Não acho ele um treinador "motivador", ele é apenas "tático".

Carlão Azul disse...

Vc esta coberto de razão, isso acontece. Não dão valor aos estaduais mas se um grande vai mal malham sem dó.

Eu sou defensor de que se mudem a fórmula do estadual mas não quero que acabe.

Abraços

Conclamamos à todos a aderirem:

BOICOTE JÁ À GALOPRESS……

ACESSEM:

http://www.soumaiscruzeiro.cjb.net/
http://anti-gaylo.blogspot.com

Saudações Celestes

SITE/BLOG Sou Cruzeirense - Site Sou Cruzeirense – Blog CRUZEIRO: O MAIOR DE MINAS Clique AQUI e visite a Seção de Brindes do Sou Cruzeirense VAMOS BOICOTAR A IMPRENSA GALINÁCEA, VAMOS DAR UM BASTA NA PROTEÇÃO AOS EMPLUMADOS! VAMOS EXIGIR RESPEITO AO CRUZEIRO!!!

Vinicius Grissi disse...

O Fluminense precisa de 3 ou 4 peças para ter um bom time de verdade. Parreira é capaz de organizar este grupo, desde que cheguem os reforços necessários.

Thiago Madureira disse...

Nem lembrava que o Leandro Amaral está no Fluminense. Depois que ele se contundiu, os olhos da imprensa se voltaram para e Fred, e o 'velho' atacante foi esquecido.
As contratações do tricolor para este ano não tiveram o efeito esperado. Nenhum dos contratados ainda conseguiu fazer uma sequência de bons jogos. Na verdade, nenhum jogador, até mesmo aqueles da base do vice da Libertadores no ano passado.

Loucos por F-1 disse...

O Florminense anda mal da pernas mesmo, não consegue se acertar e vai rodar rapidinha da Copa do Brasil. Enquanto isso o Mengão vai levar o Tri do carioca e se tornará o maior vencedor do Rio de Janeiro. Mengão Sempre!

Abraço!

Leandro Montianele