quinta-feira, 16 de outubro de 2008

Um "belo" espetáculo...

Talvez o único momento em que a seleção brasileira foi aplaudida...

Em um jogo bem sonolento, Brasil e Colômbia empataram sem gols. Esse foi o 3º empate seguido da seleção de Dunga em casa nas Eliminatórias. Além da fraca atuação da Seleção, o jogo foi marcado pelo nada exemplar comportamento de grande parte da torcida brasileira, que parecia ter ido ao Maracanã apenas para vaiar.

Já não é surpresa que a seleção brasileira tem uma dificuldade enorme para superar retrancas, e isso foi novamente comprovado ontem. A seleção colombiana imprimiu uma forte e eficiente marcação durante os 90 minutos e deixou a Seleção com pouco espaço para jogar. Com Kaká muito bem marcado e sem estar nos seus melhores dias, Robinho fazendo uma de suas piores partidas com a amarelinha (só para mencionar, deu um chute a la Obina, mandando a bola para a lateral do campo!) e Elano, Maicon e Kléber pouco aparecendo à frente, a equipe pouco conseguiu criar.

Em tempo: se o Brasil precisa ser mais ofensivo e Kléber e Maicon pouco sobem ao ataque, por que não dar mais chances a Juan (ou Marcelo) e Rafinha?

Isso só nos leva a uma constatação, que também não é nenhuma surpresa: a seleção brasileira só consegue atuar bem contra times que oferecem espaços, pois consegue criar bons contra-ataques e acaba decidindo no talento dos jogadores da frente. Foi assim na final da última edição da Copa América, contra a Argentina, e nos jogos contra Chile e Venezuela pelas Eliminatórias. Quando a equipe de Dunga encontra times totalmente fechados, tem sérios problemas no ataque, exatamente como aconteceu ontem.

Dunga ainda errou ao trocar Elano por Mancini. O erro não foi ter colocado o jogador da Inter de Milão, mas sim não ter tirado nenhum dos 2 volantes, Gilberto Silva e Josué, que permaneceram em campo até o final do jogo. Como de costume, os dois se limitaram a (tentar) marcar e não deram qualidade alguma na saída de bola, tampouco chegaram à frente.

Aliás, a seleção brasileira poderia ter perdido o jogo. A Colômbia chegava bem ao ataque e conseguia trocar muitos passes no campo adversário. Se Rentería e Quintero não tivessem perdido tantas chances e se o time como um todo finalizasse melhor (era um chute pior do que o outro), a seleção brasileira poderia ter saído com um resultado ainda pior do Maracanã. Isso para não falar que os melhores da Seleção foram justamente Lúcio e Juan: os dois zagueiros fizeram bons desarmes e salvaram o time em alguns momentos.

Porém, a má exibição do Brasil no jogo de ontem não justifica a atitude de grande parte dos torcedores. Só para se ter um exemplo, foi só Kléber dominar mal uma bola quando não havia nem 5 minutos de jogo que o lateral do Santos passou a ser vaiado durante toda a partida. Tudo bem que também acho que ele não merece ser o titular da posição, mas vaiá-lo desde o começo do jogo só fez com que o jogador ficasse ainda mais inibido e tentasse se livrar rapidamente da bola. Para piorar, já havia gritos de “Adeus, Dunga” e até mesmo o famoso “olé” cada vez que os colombianos tocavam na bola desde o primeiro tempo. Sim, Dunga tem sua parcela de culpa pela má fase da Seleção e há técnicos melhores do que ele, mas gritar desse jeito desde o primeiro tempo foi um exagero e só atrapalhou o time em campo. Pagar 40 ou 50 reais para vaiar durante 90 minutos sem nem ao menos prestar o mínimo de atenção no jogo parece estranho, não?

Os insistentes gritos pedindo a entrada de Juan e até mesmo Obina (hã?) também foram bem irritantes. Aliás, a torcida rubro-negra é bem inteligente: ela encheu tanto o saco pedindo entrada do lateral esquerdo do Fla que, caso ele entrasse, seria fortemente vaiado pelos torcedores dos outros clubes do Rio.

Novamente uma má exibição da Seleção e mais uma vez vaias da torcida (desta vez, vieram cedo demais). Dessa maneira, é capaz de não haver jogo do Brasil tão cedo no Rio; porém, é capaz de ninguém reclamar se isso realmente acontecer...

Foto: www.cbf.com.br

13 comentários:

Saulo Milleri Biral disse...

O Brasil não consegue jogar bem, os jogadores não tem vontade nenhuma e está uma porcaria para assistir os jogos da seleção. É preciso agir logo se não vai complicar mais. O que não pode é continuar jogando esse futebol horrível, péssimo, melancólico. É preciso mudança na seleção e já.

Marcel Jabbour disse...

Saudades do Romário.....até do Ronaldo.

Complicado, Leadrus. Daqui a pouco vamos preferir o programa da Luciana Gimenez....

Abraços

diletra.blogspot.com

Marcos Antônio Filho disse...

é complicado mesmo,o Dunga não sabe jogar contra times na retranca e aí da nisso.3 partidas sem fazer gol em casa...E o pior de tudo,nós vamos pra copa!E pra dar vexame de novo!

Paulo Maeda™ disse...

eu nem vi o jogo, talvez prevendo esse desastre. Na vdd não sou mto ligado em jogos da seleção, qto tá na copa até acompanho. Mas dessa vez parece q a "burrice" do Dunga superou todos os limites, pra um Maracanã inteiro vaiar o time. Saudades msm dos velhos tempos...

Carlão Azul disse...

Concordo com o que disse sobre os volantes. O Brasil ficou com muitos marcadores e poucos que criassem e saíssem pro jogo.

Por isso não conseguiu chegar com força á área colombiana.

Abraçus Leandrussssss

Saudações Celestes

SITE/BLOG.....CRUZEIRO: O MAIOR DE MINAS
Sou Cruzeirense - Site
Sou Cruzeirense – Blog 1º ano
ENTREM E SINTAM-SE A VONTADE

Vinicius Grissi disse...

Mais uma pelada da Seleção Brasileira. Uma pena que o time jogue assim tão mal. E aos poucos, vai ficando abandonado pela torcida, desanimada com o futebol medíocre.

Net Esportes disse...

Eu tinha minhas dúvidas se você iria novamente depois do último 0 a 0 !!!!!

40, 50 reais por um ingresso é facada, e a BAND a todo momento fica falando que a CBF distribuiu cerca de 20 mil ingressos.... se isso fosse verdade quem pagou devia processar a CBF ..... !!!!!

Warley Morbeck disse...

Ainda quero saber quem é pior: Dunga ou Caio Junior. O páreo é duro.

Warley Morbeck
http://flamengoeternamente.blogspot.com
http://eternabola.blogspot.com

Blog F1 Trulli disse...

Cara eu mudei d canal pra ñ dormir uhahuahauhauhau

desse jeito, capaz d sair na 1ª fase da copa (já pensando na copa)

e F1... pow a F1 ñ muda. Sempre benificiou a Ferrari e assim continua. Outra equipe sendo campã é vencer 2 vezes. Independente de Massa, foi uma injustiça as punições de Hamilton, ele e a Mclaren tão visivelmente prejudicadas pls “comissários” . assim ninguem merece

abração
até +

Arthur Virgílio disse...

Até o momento foi a melhor análise que vi do jogo. A torcida está chata demais. Bem feito para a CBF que só manda jogos para o Rio e São Paulo.

Outro detalhe bem lembrado é que a Colômbia teve méritos e se tivesse mais qualidade venceria o jogo, pois teve chance para isso.

GiglioF1 disse...

Leandro,

papelao do Brasil e de Portugal....Os ultimos ja estao com saudades do Felipao!!!!!!!!

Abraco!!

Marcel Jabbour disse...

Em tempo, Leandrus:

Adicionei o blog lá no Diletra!

Abraço

www.diletra.blogspot.com

Leandrus disse...

Valeu pelos comentários, pessoal! Infelizmente estou meio sem tempo e não posso responder a todos, mas aqui vão os principais:

Marcel, com essa Seleção, também tenho saudades de Romário e Ronaldo. Mas Luciana Gimenez não! Pelo menos a tv não é a única alternativa quando a seleção brasileira não joga bem, hehehe

Marcos Antônio, esse é meu medo. Vamos só empurrando com a barriga, chegamos na Copa, vamos ganhando de 1 a 0 aqui, outro 1 a 0 ali e depois tomamos uma coça de um time grande!

Netesportes, eu confesso que sou meio doido e sempre vou ao Maracanã quando posso. Mas é sacanagem pagar 40 reais (no meu caso, 20, ainda posso pagar meia) e ver um monte de gente recebendo ingresso de graça...

Arthur, valeu pelo elogio! Bom, o Brasil não jogava aqui desde 2000. O jogo contra o Equador foi bom, o pessoal precisava ver a Seleção, contra a Bolívia foi válido por ser no Engenhão, mas contra a Colômbia já poderia ter sido em outro lugar. Há vários lugares que merecem receber jogos mesmo.

Ateh!