domingo, 12 de outubro de 2008

Polêmica novamente presente

O GP do Japão foi marcado por uma largada confusa, que embaralhou todo o grid e pelas polêmicas punições dadas pelos comissários, que provavelmente serão discutidas sem se chegar a um consenso, assim como aconteceu no GP da Bélgica. Quem se aproveitou disso tudo foi Fernando Alonso, que novamente conquistou uma vitória improvável. O pódio foi completado por Robert Kubica e Kimi Raikkonen.

As duas primeiras voltas decidiram o destino dos candidatos ao título Lewis Hamilton e Felipe Massa. O inglês perdeu a primeira posição para Raikkonen logo na largada e, ao tentar recuperá-la ainda na primeira curva, perdeu o ponto da freada e levou o piloto da Ferrari para a área de escape. Isso fez com que o inglês e o finlandês caíssem para 6º e 7º, logo atrás de Massa.

Hamilton não perdeu tempo e, bem ao seu estilo arrojado mas às vezes precipitado, tentou e conseguiu ultrapassar Massa logo na segunda volta, ajudado por um erro do brasileiro na chicane. Porém, ao tentar recuperar a posição, Massa acabou tocando o inglês, que rodou e caiu para último. Voltas depois, os dois foram punidos com um drive through: Hamilton, pela manobra na largada, e Massa, pelo toque em cima do inglês.

Vinha elogiando Hamilton nas duas últimas corridas por não ter se afobado em momentos decisivos: na Itália, não arriscou uma ultrapassagem em Massa que poderia prejudicar sua bela corrida, da mesma maneira que esperou o momento certo para ultrapassar Coulthard e não atacou Rosberg precipitadamente em Cingapura. Porém, desta vez o inglês exagerou ao tentar ultrapassar Raikkonen ainda na primeira curva, já que correu riscos desnecessários fazendo tal coisa. Se continuar dessa maneira, corre o risco de novamente apagar as belas corridas que fez, se motivo de chacota de novo e ganhar um atestado de burro por jogar um campeonato no lixo pela segunda vez consecutiva.

Porém, isso não me convence de que sua punição foi merecida: tudo o que o britânico fez foi disputar posição. Isso é proibido? Não! Além do mais, o inglês nem tocou no finlandês, tanto que ambos voltaram à corrida, e tampouco se favoreceu do incidente, pois ficou uma posição atrás de Felipe.

Já o caso de Massa é bem passível de interpretação. Por um lado, ele não tinha por onde passar, nem sei se tinha como frear ou evitar o choque. Por outro, esse sim acabou prejudicando a vida do adversário, já que Hamilton caiu para a última posição. Porém, quantas vezes isso já aconteceu sem que punição nenhuma fosse dada, desde os grandes pilotos até os mais bizarros?

Após receber a punição, Hamilton teve sua corrida ainda mais prejudicada e terminou em 12º. Felipe Massa fez excelente corrida de recuperação e, com voltas voadoras, principalmente durante a segunda metade da prova, terminou na 8º posição, após fazer linda e arriscada ultrapassagem em cima de Mark Webber a três voltas do fim da corrida. Porém, com a punição dada à Sebastian Bourdais após o término da prova, o brasileiro pulou para a 7º posição. Aliás, uma das punições mais injustas da história da F-1: houve um toque entre Massa e o francês durante a prova, mas nenhum dos dois foi culpado. Uma punição ridícula, que acabou prejudicando o piloto da Toro Rosso, justo quando ele havia terminado na frente de seu companheiro Sebastian Vettel, pois havia chegado em 6º, uma posição à frente do alemão, que fez corrida discreta.

Fernando Alonso e Robert Kubica agradecem por tudo o que aconteceu na corrida. Com a confusão na largada, o polonês pulou para a 1º posição, seguido pelo espanhol. Na primeira parada nos boxes, Alonso colocou menos combustível do que Kubica, voltando assim na primeira posição. A partir daí, o piloto da Renault fez voltas sensacionais, conseguindo abrir uma boa diferença em relação ao piloto da BMW e voltando ainda na primeira posição mesmo após ter feito uma segunda parada mais demorada. Méritos para Fernando, que novamente guiou com maestria seu carro, e méritos para Kubica, que se defendeu muito bem das várias investidas de Raikkonen no final da corrida e manteve a 2º posição.

Nelsinho Piquet também fez boa corrida, chegando na 4º posição. Se o brasileiro precisava de um bom resultado para convencer a todos de que ele ainda tem espaço na categoria, essa foi a corrida. Jarno Trulli também fez boa corrida e chegou em 5º, dando um pouco de alegria aos japoneses, que viram os pilotos da Honda terminarem em 13º e 14º e o piloto da casa, Nakajima, chegar em último, extremamente prejudicado por um incidente sofrido ainda na primeira volta.

A próxima corrida, que será disputada semana que vem na China, promete, pois a vantagem de Hamilton para Massa caiu para cinco pontos. Porém, é uma pena que este GP do Japão fique marcado pela punições, polêmicas, rigorosas e até injustas. Não é assim que queremos ver F-1.

Fotos: 1º/2º/6º - www.gpupdate.net
3º/4º/5º - www.motorsport.com

8 comentários:

Paulo Maeda™ disse...

Bela análise Leandrus. Mas eu concordo com a punição ao Hamilton. Acho q tocando ou não no carro de Raikonen, o que levaram em conta foi a atitude do inglês, de fechar o finlandês.
O que não muda eh a opinião quase geral de que Hamilton ainda não sabe se controlar.... era só deixar Raikonen passar e depois tentar ganhar na pista e estratégia... impressionante.

Marcelonso disse...

Leandrus,

Uma corrida bem interessante,para esquecermos o chocolate que o nosso Mengão levou.

Alonso foi sensacional,mostrou como vencer com braço,no melhor estilo inaugurado por Schumacher parou mais cedo e sentou a bota sem errar,abriu uma boa margem,depois foi levar até o fim e partir pro abraço.

Hamilton,só tem uma explicação,ou o cara é doido,ou tem dupla personalidade,pra que fazer aquilo?

Massa fez o que deu pra fazer,e mostrou pro Neguinho que não é moleza não!

Agora as punições,tremendas babaquices,daqui a pouco não poderá mais ultrapassar,tocar roda,disputar posição,não é esse o caminho,não concordo com nenhuma,nem mesmo aquela do Hamilton em Spa.

abraço

Aldevan Junior disse...

Lendrus, você ainda vê F1?

Qual é a graça dessa categoria em que só ganham os mesmos?

Parece o campeonato italiano de futebol...

Abraço! Visite o Caneta de Chuteira: www.canetadechuteira.blogspot.com

Vinicius Grissi disse...

Uma corrida fantástica!

E já disse em vários blogs hoje e repito: o Hamilton vai perder, pela segunda vez consecutiva, o campeonato pra ele mesmo.

Marcel Jabbour disse...

Grande corrida!

Mas Leandrus, devo confessar que essa punições me desaminam um pouco. Acho que a fórmula um começa a ficar muito chata quando se coibe pilotos arrojados e corajosos. Não sei se Hamilton foi imprudente. É de se discutir.

Grande abraço!

diletra.blogspot.com

Net Esportes disse...

Achei o Hamilton bem imprudente na largada e o Massa bem sacana batendo no Hamilton, ele foi por cima da zebra, totalmente errado ..... a coisa vai ser feia na China .....

GiglioF1 disse...

Leandro,

Nao se desconcentre com o Mengao...ele sai desta!!!!

Falei Mengao e nao Negao!!!

Grande corrida e festival de protagonismo da organizacao... Esta cansando...

Abraco!!

Marcos Antônio Filho disse...

é a FIA tá querendo aparecer mais que o spilotos,ai fica dificil...E estou começando uma campanha pra todo mundo torcer pro Kubica!