terça-feira, 2 de junho de 2009

Fim da era Ancelotti? Só no Milan...

Finalmente foi anunciado que Carlo Ancelotti não é mais o técnico do Milan. Depois de longos oito anos a frente do clube, há um misto de sucesso e frustração na passagem do italiano pelo clube de Milão. Por um lado foi o vencedor da Liga dos Campeões duas vezes (nas temporadas 02-03 e 06-07), o que é algo bem notável, além de ter conquistado a Copa da Itália e o Mundial de Clubes da Fifa uma vez. Mas por outro, não teve um desempenho tão satisfatório no Calcio, tendo assegurado o scudetto apenas uma vez, na temporada 03-04. Ultimamente, enquanto lutava para conseguir sua vaga na UCL, assistiu passivamente ao passeio da rival Internazionale, vitorioso nos últimos quatro campeonatos nacionais.

Como se isso não bastasse, sempre foi muito criticado por suas táticas defensivas, até mesmo pelo próprio presidente do Milan, Silvio Berlusconi. Ultimamente, teve o agravante de ter em mãos um elenco com média de idade muito alta, o que também fez com que se tornasse alvo de muitas reclamações. É exatamente por esses pontos negativos que o ex-jogador da Roma e do Milan deixa a equipe italiana com um certo gosto amargo, se não com um “graças a Deus!” de alguns (talvez muitos) torcedores.

(Algo parecido com a Suderj na Itália) informa: sai Ancelotti, entra Leonardo

O Milan foi rápido e já contratou seu substituto: trata-se do brasileiro Leonardo, que já era dirigente do clube mas nunca trabalhou como técnico. Com certeza não terá tarefa fácil na sua primeira experiência: provavelmente participará intensamente de uma reformulação radical, tanto no elenco (que precisa de renovação e um toque de juventude) quanto no estilo de jogo. Sem contar que os torcedores já devem estar ávidos por um scudetto, algo que não conquistam há seis temporadas. Assim como por melhores participações a nível internacional: nas duas últimas temporadas, foi derrotado nas oitavas de finais da UCL pelo Arsenal em pleno San Siro e em outra ocasião nem se classificou para competição, se contentando apenas com a Copa UEFA, aonde foi eliminado precocemente pelo Werder Bremen. Com tanta coisa ser feita e pela inexperiência, pode ser que ele não tenha bons resultados de imediato, sendo necessário dar tempo para ele se ajustar no cargo.

Enquanto isso, Ancelotti ficou pouquíssimo tempo sem clube, pois no mesmo dia em que Leonardo foi apresentado como o novo treinador do Milan, foi anunciado que o ex-meia italiano é o novo treinador do Chelsea. Muito provavelmente terá como tarefa principal dar uma Champions League ao clube inglês, que já bateu na trave inúmeras vezes nos últimos anos. Estou curioso mesmo para ver como ele armará sua equipe. Será que ele levará Ambrosini, Bonera e outros jogadores defensivos de qualidade questionável para Londres também?

Foto: fourfourtwo.com

10 comentários:

Paulo Maeda™ disse...

Eh Leandrus, desde q eucomecei a ver o fut Italiano (nisso a BANDida ajuda a gente), eu já peguei o Milan com o Ancellotti lah e lembro do Mundial q eles conquistaram. Mas a fama de retranqueiro tb sempre imperou e pelo jeito vai derrubar mta gente ainda. Boa sorte ao Leonardo.

Bruno Santos disse...

Uma decisão acertada do Milan. Ancellotti sempre foi um retranqueiro (onde já se viu jogar com Pirlo, Gattuso e Ambrosini no mesmo time? E aquela linha com quatro zagueiros atrás?). O time precisava de uma reformulação, por causa da elevada idade mesmo. Nada melhor que escolher alguém com grande identificação com o grupo, alguém jovem e com desejo de vencer. Vamos ver o que acontece...
Abraço.

Vinicius Grissi disse...

Tem um currículo ótimo. Mas não me agrada. O Chelsea terá uma temporada de sofrimento, futebol feio e veteranos.

Paulo Maeda™ disse...

eu não acho q o Ambramovic (acertei o nome?) vai deixar o Chelsea virar um time de "masters". E eles lá não tem tanta paciência com técnicos como os dirigentes do Milan. Mas já vai tarde o Ancellotti e boa sorte pro Leonardo.

Marcos Antônio Filho disse...

Teremos retranca no Chelsea,com certeza e muitas contratações de volantes e zagueiros.
E o Milan, sei não apostar em um técino inexperiente é arriscado.Pode ter dado certo com o Barça,mas isso não é regra, é exceção

Leandrus disse...

Breves comentários:

Paulo, foi por pouco, é Abramovich, rs. Concordo quando diz que ele não é de ter muitas paciência com os técnicos, e se estiver descontente com algo com certeza vai tirá-lo do cargo, como fez com Felipão. Quanto a BANDida (ótimo apelido, hehehe), bom que vc vê o Calcio, mas uma pena que vc praticamente só pode ver jogos do Milan ou da Inter...

Bruno, eu também não gostava desse jeito retranqueiro do Ancelotti. Mas acho que a aposta em Leonardo é arriscada, já que precisa fazer muita coisa e inexperiente no cargo. Vamos ver o que acontece...

Vinicius, também não curto o Ancelotti. Os jogos dos seus times são feios de mais e me fazem trocar de canal. Vamos ver o que vai acontecer no Chelsea, a começar pelas atitudes na janela de transferências...

Marcos Antônio, o vice-presidente do Milan, Galliani, disse que eles pretendem fazer com Leonardo o mesmo que fizeram com Fabio Capello, pegando um ex-jogador do clube, colocando-o como dirigente e mais tarde como técnico do clube. Mas acredito que o efeito Guardiola, assim como o efeito Klismann depois da Copa de 2006, ajudou muito para a escolha do brasileiro. O que não quer dizer que vai dar certo, como vc mesmo observou...

Ateh!

Alex Alvarez disse...

Eu acho que as apostas dos dois clubes são arriscadas. O Chelsea por contratar um retranqueiro como Ancelotti, e o Milan por botar um cara inexperiente no cargo. No entanto, eu acho que, com um pouco de sorte, pode dar muito certo para os dois times.

Se o Chelsea não der rédeas soltas a Ancelotti, o técnico italiano pode se ver forçado a mudar sua forma de trabalhar, e armar uma equipe competitiva que aposte mais no ataque.

Por outro lado, o Milan, mesmo com um técnico de pouca experiência, pode se ver muito favorecido ao não ter que jogar tão na defensiva.

Só o tempo dirá. Será interessante acompanhar a evolução (ou não) das duas equipes e seus técnicos.

Abraço.

Net Esportes disse...

Virou moda esse negócio de nunca foi técnico e já começa logo em um time grande (seleção também !!!!) mas o Leonardo é legal .... foi um grande jogador do meu time, nunca me esqueço aquele dia na Copa que ele deu uma cotovelada no cara lá .....

Não sei se vai ser melhor agora sem o Acelotti, mas vai ser muito pior se ficarem sem o Kaká .......

Marcel Jabbour disse...

O treinador perfeito pro Chelsea. FAz o time jogar feio e retrancado. Ou seja, não vai mudar nada!!!

huauhahuauha

Abraços!

diletra.blogspot.com

Rafael Rocha disse...

Tenso