sábado, 13 de dezembro de 2008

Chances de ouro

Tendo poucas opções no mercado e visando o início do planejamento para 2009, Vasco e Flamengo já decidiram quem serão seus comandantes no próximo ano (pelo menos inicialmente): Dorival Júnior treinará a equipe de São Januário e Cuca, a da Gávea.

A escolha do Vasco foi excelente; como o Corinthians, contratou um técnico para treinar um time na Série B quando este poderia perfeitamente comandar uma equipe da Série A. Um dos melhores nomes da nova geração de técnicos, Dorival se saiu muito bem no São Caetano, Cruzeiro e Coritiba, por exemplo, e levou alguma de suas equipes a um patamar que poucos esperavam. Já mostrou que pode fazer ótimos trabalhos de reformulação, justamente o que o Gigante da Colina precisa depois de um ano tão trágico como 2008.

A contratação do Flamengo já é mais arriscada. Cuca fez bons trabalhos até 2007, mas 2008 foi um ano negro em seu currículo: não foi mal no Botafogo, mas teve um desempenho decepcionante no Santos e no Fluminense, deixando ambos os times em péssima situação no Campeonato Brasileiro. Ou seja, pelo seu retrospecto nesse ano, terminar o ano como o escolhido para comandar o Fla no ano que vem foi um verdadeiro presente de natal. Pesa também o fato de ainda não ter conquistado um título como treinador e ter sérios problemas no aspecto psicológico. Mas se saiu muito bem no Goiás em 2003 e só não foi campeão com o alvinegro carioca em 2007 porque, como diz o ditado popular, tem coisas que só acontecem com o Botafogo...

Com certeza tanto Dorival Júnior quanto Cuca receberam chances de ouro; o primeiro pode ficar marcado como o técnico que levou o Vasco de volta à Série A, e o segundo pode ser lembrado como o treinador que colocou o Flamengo de volta aos trilhos e que compensou o decepcionante 2008 que o clube teve. De qualquer maneira, ambos terão muito trabalho pela frente, e já devem começar a trabalhar nos próximos dias, analisando e adiantando as contratações, dispensas e renovações de que suas equipes necessitam.

9 comentários:

Rafael Petry disse...

Eu gosto muito do Dorival! Ele fez varios bons trabalhos na sua carreira, sabe montar um time(contratações) basta ver seus ultimos trabalhos no Cruzeiro, Coritiba e São Caetano, e todos esses times chegaram onde ninguem imaginava! Ele assumiu um Cruzeiro super desmotivado após uma vergonhosa derrota na final do campeonato mineiro e classificou o time para a libertadores. No São Caetano ele assumiu um projeto a diretoria e levou o time para a final do Paulista. E Montou um ótimo time no Coritiba, com varios bons jogadores como Marlos, Carlinhos Paraiba e Keirrison... Sobre o Cuca, ele parece um pouco com o Dorival, até porque ambos montam times ofensivos e com um futebol insinuante, torço para que os dois deem certo! Saudações Alvinegras!!!
Grande abraço!

Marcos Antônio Filho disse...

é o Vasco contratou um bom técnico,e com o dinheiro da eletrobrás, pode conseguir bons reforços.Já o Cuca,tomara ele tenha feito bastante seções de análise,pois seu calcanhar de aquiles é fator psicológico.Tomara que dê certo.Senão vou o ser primeiro a xingar esse cara lá no maraca!

Rafael Petry disse...

Os dois surgiram em Floripa! O Cuca no Avai e o Drival no Figueirense! Ai que esta a diferença, Dorival entrou como interino após a saida de Muricy do Figueirense. O Cuca ja começou sendo treinador num time amarelão! o Dorival ja nasceu sabendo o que é ser campeão! Abraços Alvinegros!!!!

Daniel Leite disse...

Realmente, as chances de amnbos são douradas, Leandrus.

No entanto, conforme você deixou subentendido, Dorival construiu esta oportunidade, enquanto Cuca deu um passo para trás durante 2008.

Embora o Flamengo pudesse se queixar da falta de nomes no mercado, a aquisição de Cuca é uma das mais estranhas possíveis. Até mesmo Renato Gaúcho, ainda que desgastado no Rio, seria uma opção mais válida pelo que fez no primeiro semestre. No final das contas, não fosse a torcida, segurar Caio Jr. poderia ser melhor negócio. De todo modo, Cuca já demonstrou competência em outros momentos, e tem uma grande possibilidade de levar seu primeiro título como treinador já no Campeonato Carioca.

Quanto à contratação de Dorival pelo Vasco, são elogiáveis a postura e a prontidão de Dinamite & Cia. Só espero que ele fique por muito tempo, já que, caso tenha um time razoável nas mãos, fará grandes coisas. Ele é muito bom profissional.

Até mais!

Paulo Maeda™ disse...

realmente Dorival no Vasco foi uma contratação ótima, assim como o Timão fez com o Mano. Agora o Cuca... sei não hein... Será que ele vai ter cabeça? Se o Caio Jr já não teve... Leandrus, como tá o mercado de jogadores pro Vasco e Flamengo.

Vinicius Grissi disse...

Ótimas escolhas. Todos os times cariocas, inclusive, terão ótimos técnicos para o ano que vem. Agora, que deêm elencos qualificados à eles.

GiglioF1 disse...

Leandro,

Concordo com sua avaliacao...a decisao do Vasco é mais embasada e nao tenho duvidas que trará melhores resultados...

Abraco!!

Loucos por F-1 disse...

Xará,

Não tenho dúvidas que o Vasco contratou um grande técnico para começar a se erguer.

O Flamengo está arriscando muito com a contratação do técnico Cuca. Sua postura como comandante não me agrada nem um pouco.Acho que o Flamengo trocou 6 por 5 e meio.

Abraços!

Leandro Montianele

Breiller disse...

Assino embaixo, Leandro. O Dorival realmente é um dos grandes técnicos dessa nova geração e, não tenho dúvidas, fará um grande trabalho no Vasco, valorizando a base, os novos valores cruz-maltinos, que serão importantes nessa caminhada rumo à reestruturação.

Ele só caiu um pouco no meu conceito ao falar que o Marcelinho Carioca seria um grande reforço. Fala sério, né? Idade avançada, histórico de problemas no Vasco, estrelinha demais, vai agregar o quê?

O Cuca, particularmente, eu não vejo com olhos tão bondosos assim. Motivador demais, porém, ao mesmo tempo, instável psicologicamente. Alterna momentos de serenidade com excessos de fúria e tensão. E, pelo menos no aspecto tático, nunca se mostrou um treinador tão capacitado assim. Acho que o Flamengo poderia ter investido mais alto, ou até mesmo se esforçado para manter o Caio.