sexta-feira, 21 de março de 2008

Ayrton Senna


Se fosse vivo, Ayrton Senna faria hoje 48 anos. Falar sobre os feitos deste piloto que foi um dos melhores que já passaram pela F-1 é chover no molhado: 3 campeonatos conquistados, 65 poles (recorde que Schumacher teve que suar a camisa para bater) e 41 vitórias. Dessas 41 vitórias, algumas delas são lembradas até hoje pelos fãs de F-1, como Japão 88 (quando ganhou seu 1º título após ter problemas na largada e passar furiosamente todos que estavam à sua frente), Brasil 91 (onde teve que correr as últimas voltas apenas com a 6º marcha) e Europa 93 (onde fez uma das voltas mais sensacionais da história da F-1, ultrapassando 4 carros na primeira volta com a pista molhada).

Durante sua carreira, Senna colecionou muitos fãs, desde aqueles fãs de F-1 que sempre apreciaram seu estilo endiabrado no começo da carreira até aqueles que mal o conheciam e se emocionaram quando o brasileiro carregou a bandeira do Brasil após a fatídica eliminação do Brasil para a França na Copa de 86. Pessoa de personalidade difícil, que ao mesmo tempo era carismático e retraído, Senna continuou conquistando fãs quando passou a ter um estilo mais cerebral, que foi determinante para conquistar o tricampeonato de 91 e o vice de 93, quando já tinha um carro muito inferior em relação aos anos anteriores. Porém, Ayrton também teve colecionou alguns inimigos, desde aqueles que criticavam seus erros primários que as vezes cometia (geralmente por ser agressivo demais, sem achar um limite para essa agressividade) até os famosos "piquetistas" que defendiam seu ídolo Nelson Piquet atacando Senna de forma exagerada (do mesmo jeito que muitos fãs de Senna faziam e até hoje fazem com Piquet).

Porém, o talento de Ayrton sempre foi indiscutível, gostasse do estilo dele ou não. E já vou parando por aqui porque já escrevi demais e todos sabem que quando começo a falar sobre Ayrton eu não paro, do mesmo jeito que sempre me emociono quando vejo seus vídeos ou quando ouço o "Tema da Vitória"; sou daqueles que até não conseguem ver o vídeo do seu acidente fatal. De qualquer maneira, é uma pena ele não ter vivido mais alguns anos: certamente teríamos grandes disputas entre ele e Schumacher.

Para finalizar, um vídeo que procurava a muito tempo na net: o pódio do GP de Portugal de 85, a primeira vitória de Ayrton Senna, mas não está em português; também há no vídeo uma rápida entrevista com Ayrton. Eu tenho algumas imagens do pódio desse GP no review que a Globo fez dessa corrida na "Galeria Ayrton Senna", quadro que a Globo exibia no "Esporte Espetacular" depois que Senna faleceu; um dia eu upo o vídeo e coloco aqui, mas já aviso que a qualidade não é muito boa.



Ateh!

7 comentários:

Felipe Maciel disse...

Justíssima homenagem...

Daniel Leite disse...

Poxa, tem nem o que falar do Ayrton. Duas coisas aqui chamam a atenção, duas lamentações, aliás:
1) A eterna rivalidade com Nelson Piquet, que fez nossos dois maiores campeões nunca se entenderem para, de certa forma, a tristeza de nosso país.
2) A disputa, como vc bem disse, contra Michael Schumacher, que, no seu ponto mais sublime, nunca ocorreu. Uma pena.

Até mais!

loucosporf1 disse...

Para mim o Senna foi disparado o melhor piloto de F1 que o mundo já viu. Me emociono quando vejo os videos das façanhas dele nas pistas.
Show de bola seu blog, xará.
Estou iniciando meu blog agora assim que puder dê uma passada lá pra dar uma força.

Abração e saudações rubro negras!!

Leandro Montianele

Rodrigo Santos disse...

Não tenho muito oq falar sobre o Senna, até pq não preciso falar nada.
tb gosto muito do Nelson e do Schumacher. pena não ter visto Senna e Schumacher se pegando na pista.

Speeder_76 disse...

Leandrus, obrigado pela tua visita. De facto, Senna foi um caso à parte. Para mim é um dos Grandes, e ainda por cima, a sua partida só fez aumentar o mito.


P.S: Os Maiden tocarão em Lisboa em Maio.

Leandrus disse...

Breves comentários:

Felipe, pelo que Senna fez pela F-1, ele merecia muito mais do que esse simples texto...

Daniel, me entristece muito a briguinha entre Piquet e Ayrton que dividiu e ainda divide tantos fãs brasileiros; porém, ambos tinham uma personalidade muito difícil, e só podia dar no que deu...

Leandro, obrigado pela visita e pelo elogio! Tb acho que Senna foi o melhor piloto na F-1, mas já naum acho que a disparidade para os outros pilotos é tão grande assim, rs...

Rodrigo, pelo menos houve duelos de Piquet e Senna na pista; de um desses duelos, saiu uma frase clássica que a gente não cansa de falar na faculdade né, hehe...

Speeder, realmente o mito Ayrton Senna aumentou com sua morte; que destino...
E quanto ao Maiden, juro que se pudesse ia para Lisboa para ver mais um show deles, rs

Ateh!

OCTETO RACING TEAM disse...

Bela homengaem Leandrus!!!

Sou como vc, basta vê-lo que a emoção toma conta!!!

Bjinhosss

Tati