domingo, 20 de abril de 2008

Breaking the chains

Ontem à noite, Danica Patrick se tornou a primeira mulher a vencer uma corrida na F-Indy. Embora não seja nenhum fenômeno das pistas, Danica é competente e mereceu vencer sua primeira corrida, que foi decidida nas últimas voltas.

Faltando pouco mais de 50 voltas para acabar a corrida, Hélio Castroneves e Danica Patrick decidiram encher o tanque de combustível até o talo durante uma bandeira amarela para terminarem a corrida sem precisar recorrer ao famoso e dramático “splash-and-go”. Assim, ambos não forçaram muito o ritmo na pista, poupando o máximo de combustível possível permanecendo por um bom tempo nas 6º e 7º posições, respectivamente. Nas últimas 10 voltas, os 5 primeiros pararam e colocaram o mínimo possível de combustível para voltar a pista e terminar a corrida. Assim, Helinho tomou a liderança, seguido de perto por Danica, que, faltando 3 voltas para o final, ultrapassou o brasileiro sem a menor cerimônia, conseguiu abrir uma vantagem confortável e ganhou a corrida.

A vitória de Danica serviu para mostrar que o automobilismo não é um esporte feito somente para os “marmanjos” e que existem mulheres capazes de disputar posições com os homens na pista, acabando com o preconceito de muitas pessoas baseado no insucesso de mulheres como Giovanna Amati, ou mais recentemente, Milka Duno.

4 comentários:

Loucos por F-1 disse...

Totalmente merecida essa vitória da Mulher Maravilha.
As mulheres continuam ganhando espaço e quebrando preconceitos.

Abraços!

Leandro Montianele

Daniel Leite disse...

Poxa, absolutamente fantástica! E ela é muito linda. Tudo bem que nada tem a ver com a vitória, mas isso é mais um atributo dela! Muito bom ver a Danica à frente dessa forma, enquanto Helinho lidera o campeonato.

Até mais!

Leandrus disse...

Rápido comentário:

Daniel, eu tb a acho muito bonita, mas dependendo das fotos...sei lá, as vezes ela parece meio estranha, rs

OCTETO RACING TEAM disse...

Fiquei muito feliz pela Danica!!!!
Ela merecia!!!

Parabéns!!!!hehehehe

Bjinhoss

Tati