quinta-feira, 26 de novembro de 2009

E agora, Fluminense?

O Fluminense até poderia esperar um resultado negativo no Equador, mas não uma goleada de 5 a 1. Por isso o abatimento é compreensível

A fase do Fluminense era maravilhosa. O tricolor carioca não perdia desde o começo de outubro e vinha conseguindo uma reação improvável no Campeonato Brasileiro. Antes decretado rebaixado, já se imaginava até ver a equipe das Laranjeiras fora da zona da degola, ainda mais após vitórias heróicas contra times poderosos como Palmeiras e Cruzeiro. Quem diria...

Enquanto isso, a campanha vitoriosa e não menos improvável na Sul-Americana servia como combustível para o clube carioca. Sem perder e conseguindo alguns resultados inesperados, a boa fase vivida na competição continental só servia para aumentar a auto-estima dos jogadores.


Só que ontem o time perdeu para a LDU. E não foi uma derrota qualquer. Se perdendo em campo a cada gol tomado, como se estivesse rezando para a partida terminar, o Flu perdeu por 5 a 1 fora de casa e agora vê o título do torneio bem distante – é verdade que a equipe vem se destacando por conseguir reverter placares de maneira épica, mas tirar uma diferença de quatro gols não será fácil mesmo.


E agora fica a pergunta: qual será a reação do Fluminense depois dessa derrota? Antes, o clube via a conquista da competição como um bônus para a sua recuperação no Campeonato Brasileiro; ou seja, não era (e nem é) a prioridade dos tricolores, mas engrandeceria ainda mais uma possível milagre no Brasileirão. Deixaria a novela tricolor com roteiro de cinema.


Mas agora o resultado obtido na Sul-Americana pode surtir efeito contrário ao que vinha fazendo ultimamente. A derrota foi tão pesada e decepcionante que pode abalar a moral do elenco – é verdade que era um jogo de outra competição, mas a goleada interrompeu uma série de nada menos do que 13 partidas sem perder. Isso certamente deixa a equipe no mínimo incomodada, ainda mais uma formada por muitos jovens. E eu ainda tenho minhas dúvidas de como um técnico como Cuca fará para recuperar a moral de seus jogadores...


Só iremos saber como o elenco reagirá a essa derrota no próximo domingo, em outra partida decisiva pelo Brasileirão, contra o Vitória no Maracanã. O apoio da torcida, assim como a atitude dos líderes da equipe, será fundamental, para que o time não se sinta abandonado neste momento delicado. Mas uma coisa é certa: por mais essa dificuldade na sua árdua luta contra o rebaixamento, o Fluminense não esperava.

Foto: www.lancenet.com.br

6 comentários:

Rafael Rocha disse...

Nah, só por que os caras saíram ganhando (não sei como) umas partidas, não quer dizer que eles eram invencíveis, afinal. Uma hora eles tinham que perder.

Mas que essa derrota foi tosca, foi d3phodih3dioh3diphd3ipo3dhipod3hid3

Felipão disse...

a teoria da banca é implacável...

uma hora a derrota viria. A goleada fica por conta da altitude... Ainda mais com aquele gol absurdo com a bola jogada pelo gândula...

Vou torcer pro Fluminense reverter, já que sempre achei uma palhaçada esse tipo de jogo na altitude...

Diário dos Esportes Golaço disse...

Agora relamente complicou para o Fluminense. Impressionante a queda de rendimento da equipe. Tudo bem, a altitude tem uma parcela nisso, mas não é total. Jogadores que vinham tendo atuações fantásticas como COnca por exemplo, jogaram muito mal ontem. marquinhos estava morto em campo, tomou um baile de Mendez

Agora resta aos tricolores rezar para que a derrota nao apague a reação no Brasileirão. E apoiar muito. Muito mesmo

Abraços

Marcos Antônio Filho disse...

que chapuletada, mas o Fluminense não merecia, mas relamente essa foi uma partida pra se esquecer...

Marcelonso disse...

Leandrus,

A casa caiu,espero que isso não reflita no brasileiro,senão...



abraço

Ron Groo disse...

Desculpem-me os tricolores... Eu ri muito.

E acho que abate legal pro prosseguimento do brasileirão.