terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Um resultado que serve de alerta


Sempre percebemos fenômenos curiosos no início de temporada aqui no Brasil, onde os Estaduais sempre são disputados antes do campeonato nacional. Se um time começa de forma arrasadora, logo se apressam em dizer que o momento vivido por tal time pode ser enganador, já que este é um momento em que muitos times ainda estão se encontrando; se começa mal, as críticas logo começam a pipocar por todos os lados. Se fazer colocações deste tipo é justo ou não, eu não sei, mas é um assunto que deve ser discutido em outra oportunidade. Fato é que, se uma equipe com um mínimo de tradição começa mal, ela deve abrir o olho – ainda mais quando se perde para um arquirrival pelo placar de 6 a 0.

Se o Botafogo, por não ter convencido nos jogos que disputou contra Macaé e Friburguense, ainda era visto com desconfiança pelos seus torcedores, imagine após a goleada sofrida para o Vasco no domingo. O que se viu em campo não era um time, mas sim um bando. Uma equipe completamente desorganizada, que não sabia colocar a bola no chão, apelava para os chutões e não conseguia acertar sua marcação nem nos momentos em que o adversário tirava o pé do acelerador. E nem adianta colocar a culpa exclusivamente em Eduardo: embora tenha sido expulso muito cedo, a equipe alvinegra já perdia por 1 a 0 e já dava sinais de que estava completamente bagunçado em campo. Enfim, foi um resultado que expôs os problemas do alvinegro carioca até este momento.

De qualquer maneira, não adianta mais lamentar pelo resultado trágico; resta somente pensar no que fizeram de errado até agora e trabalhar para que isso não aconteça. Ainda há muito tempo para isso, nem que se tenha que esquecer o Carioca e pensar já no Brasileiro ou na Copa do Brasil. A diretoria já tentou se mexer demitindo o técnico Estevam Soares.

Sim, é verdade que pode ter sido uma atitude injusta; na verdade, até mesmo uma atitude da diretoria mostrando que não aceita mais vexames, quando o certo seria apoiar o treinador e reconhecer que todos foram muito mal no clássico contra o Vasco, e não pegá-lo como bode expiatório. Porém, não é um dos maiores pecados do mundo demití-lo: mesmo não tendo um elenco muito bom em mãos, Estevam teve uma passagem não mais que razoável, sem muito brilho, pelo clube e até mesmo nos deixou perguntando se não era melhor terem mantido Ney Franco em meados do ano passado.

Resta agora ao novo técnico, Joel Santana, figura clássica no cenário carioca, assumir o comando da equipe. E ele já terá muito trabalho, e provará com isso que demitir o técnico não era a única solução. Isso porque, em míseros três jogos, o Botafogo já mostrou que possui um elenco fraco – talvez pior do que o do ano passado. Parece que o clube não aprendeu a lição do ano passado e ainda não conseguiu os reforços necessários para montar um bom time. Herrera, Antonio Carlos, Renato e Somália até parecem ser úteis, mas não serão suficientes. E depositar todas as fichas em “El Loco” Abreu, um jogador consagrado na seleção uruguaia mas que nunca se firmou em clube algum na Europa, é uma atitude arriscadíssima, ainda mais quando a torcida o eleva ao status não só de ídolo como também de craque da equipe.

Aliás, o Botafogo precisa fazer uma análise profunda do seu elenco. Há jogadores que estão extremamente desgastados no clube e que não rendem mais nada – se é que já renderam. Alessandro não joga bem há tempos e cada vez mais é vaiado pela torcida; o lateral não consegue mais se acertar no clube assim como Lúcio Flávio, que também não é visto com bons olhos pela torcida e não consegue reeditar as boas atuações de 2006 e 2007, estando muito longe daquele que já foi considerado o maestro do time. Fahel é um volante que não faz nada de útil em campo, a não ser muitas faltas. E não entendo como a diretoria ainda não cansou de dar chances ao volante-zagueiro-lateral-mas que não faz nada de útil Eduardo.

Joel Santana deve estar rezando para o Botafogo conseguir bons reforços. Porque se não conseguir...

Diante de tantos problemas, o ex-treinador da África do Sul terá que quebrar a cabeça para montar uma boa equipe. Deverá ter como missão não só arrumar o time como também acertar o sistema defensivo da equipe, o que parece uma questão de honra para o clube no momento, já que é o setor fragilizado após a goleada sofrida no domingo. Talvez este não seja um grande problema para o comandante, já que é conhecido justamente por arrumar sua defesa para depois pensar no ataque. O problema maior talvez será conseguir reforços; não qualquer um, mas sim de qualidade. Isso porque o Botafogo vem adotando desde o ano passado uma política de reforços baratos. Uma política até louvável, mas perigosa e que quase rendeu ao clube sua segunda queda para a segunda divisão. Se o clube continuar adotando tal medida e só pechinchar no mercado, pode acabar tendo um destino pior em 2010, já que o elenco atual, em poucas partidas, já mo strou que não é bom o suficiente para fazer uma boa temporada.

Foto: esportes.terra.com.br

4 comentários:

Marcelonso disse...

Salve Leandrus,


Bem vindo de volta camarada!

Quanto a Joel Santana,acho que ele pegou um rabo de foguete sem tamanho,com aquele elenco não tem como fazer nada.
Como vc falou,há tempos que o Botafogo insiste em montar times mediocres,e claro o resultado disso só pode ser vexame.

Nosso glorioso Flamengo que tem tudo para fazer uma bela temporada.

abraço

Leandro Montianele disse...

Xará, o time do Botafogo realmente é muito fraco. O sistema defensivo da equipe é péssimo. O que salva mesmo é o ataque. Mas acho que o tabalho de Estevam Soares nunca foi dos melhores. O time em suas mãos nunca emplacou. Talvez tenham se livrado do rebaixamento muito mais pelas atuações de Jobson dopado. Joel terá que trabalhar muito para arrumar o Botafogo. Pelo menos um bom zagueiro e um bom volante precisam ser contratos. Esse Fahel é brincadeira né.

Abração!

Ron Groo disse...

Nuca considerei o Joel grande coisa.
Misto de técnico e palhaço é muito regional e muito folclórico para o futebol de hoje.
Sei lá... No Botafogo que é puro folclore é capaz de dar certo.

Marcos Antônio Filho disse...

agora o botafogo vai jogar in the left, in the right, in the midiu, from birraind!rrsrsrsrsrsrsrs

Joel tem estrela, e vai dar certo no botafogo, querem apostar? Se tem um cara cagão no futebol esse é Joel Santana!